Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

voltoja

voltoja

Vamos à Toscana?

06.10.18 | Volto Já | comentar
 A Toscana é verde, castanha e amarela. Cheira a couro, terra e açafrão. É rústica e envelhecida na mesma medida em que é artística e encantadora. A Toscana é um mundo à parte. Visitar a Toscana foi cumprir um dos mais antigos sonhos de viajante e, embora (...)

A fascinante história da origem dos 'cadeados do amor'

14.02.18 | Volto Já | comentar
 Por todo o mundo, existem pontes que 'lutam' para suportar o peso de centenas, por vezes milhares, de cadeados. Não há certezas se é o aço ou o próprio romance que causa todo este peso, mas o fenómeno dos cadeados do amor já faz parte dos rituais dos casais (...)

Conheça o vulcão mais alto da Europa

01.07.17 | Volto Já | ver comentários (1)
 Além da distinção como vulcão mais alto da Europa, o Etna, na Sicília, destaca-se ainda por ser o quinto vulcão mais ativo do mundo. Para terem uma ideia, a última erupção aconteceu no final de fevereiro, após uma pausa de apenas oito meses relativamente à (...)

Roteiro Kiev: O jardim suspenso do leste da Europa

29.05.17 | Volto Já | comentar
Kiev é uma cidade que não segue tendências e não quer estar na 'moda'. Fiel aos seus costumes e com locais determinados a manter a história intacta, a capital ucraniana é um mistério para ser desvendado pelos mais curiosos.A capital da Ucrânia é rica em história (...)

Sete razões para amar a Provença

05.04.17 | Volto Já | comentar
 “When the Good Lord begins to doubt the world, he remembers that he created Provence”.Frederic Mistral A Provença é um dos locais que mais nos marcou. Foi mágico e todos os dias temos vontade de a visitar. Quem lá vai deixa sempre um Volto JÁ. Apresentamos sete (...)

Tailândia só para mulheres, parte II

04.01.17 | Volto Já | ver comentários (1)
 Preparem-se, Banguecoque é a cidade mais caótica onde já estive, o trânsito é de arrancar cabelos (abençoados tuk tuk que circulam entre os carros) e o calor misturado com a poluição tornam o ar quase irrespirável. Digna dos maiores contrastes, esta cidade, (...)